Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Trovoadas

Uma trovoada consiste num conjunto de fenómenos intensos associados a cumulonimbus: relâmpagos, trovões, rajadas de vento, inundações, granizo e, possivelmente, tornados. (wikipedia)

Trovoadas

Uma trovoada consiste num conjunto de fenómenos intensos associados a cumulonimbus: relâmpagos, trovões, rajadas de vento, inundações, granizo e, possivelmente, tornados. (wikipedia)

10
Out12

CHAÇO

1/3 segundos

O Chaço merece sem dúvida nenhuma a honrosa menção que este modestissimo blog lhe quer prestar.

 

Mas o que é o chaço? poder-se-á perguntar.

O chaço é uma peça de equipamento de passeio, de modesto valor (99,99€+Iva e com 6% de desconto), que foi sujeita a intensa utilização durante a nossa aventura rumo a Santiago de Compostela.

O dito chaço foi alvo de todo o tipo de chacota ao longo da nossa jornada. Chaço foi precisamente o cognome mais ouvido, daí o ter adoptado para esta peça de equipamento.

As bocas divergiam entre "é impossível", "como é que isto chegou aqui", "que chaço", "esta merda chegou até cá", e o nosso chaço, sozinho e desamparado, sentindo-se envergonhado no meio das restantes máquinas lá resistiu.

Os seus 18kg não mentem, é feito de aço, duro e resistente, mas tambem pesado e de dificil locomoção. Além de que, é certo, a nobreza dos seus acessórios deixava alguma margem para dúvida, sendo também eles pesados e muito pouco eficientes.

Mas no nosso chaço lá resistiu, por via da força das pernas do seu senhor a toda a dureza da viagem.

É certo que a ninguém era indiferente a sua passagem, pois os seus gemidos e guinchados constantes tornavam o chaço reconhecido por toda a gente qu epor ele passava.

Sendo certo porém que áqueles que perto dele seguiam, os seus gemidos nhic... nhic... nhic, certos e compassados tornavam dura e cansativa a companhia. Aquele ruido era impossível de aturar, só me apetecia pegar no chaço e atirá-lo por uma ravina abaixo.

Por fim, a apenas 10 km do fim, o chaço deu de si, e apenas a estaão de serviço da galp nos salvou, apesar da pronta disponibilidade do funcionário nos dizer: "Hoy no hay mecanico, no" se puede ayudar"

{#emotions_dlg.portugal} nada que um portuguesito não resolva com um sorriso no canto da boca.

O senhor la nos arranjou umas anilhas e seguimos caminho ... nhic... nhic... nhic ... nhic até santiago, só com duas horas de  atraso.

 

 

 

 

 

10
Out12

Santiago de Compostela - outubro 2012

1/3 segundos

E cá estou eu, após mais uma viagem a Santiago de Compostela, de bicicleta.

Desta vez fui em três dias, sai na sexta de manhã em S pedro de Rates e cheguei ao destino no domingo de manhã.

Foi outra vez uma viagem espectacular.

 

Claro que o clique, não foi o mesmo da outra vez. A própria viagem tinha outro cariz, mais esportivo, de quebrar limites, de desafio físico e pouco teve a ver com a emoção que foi chegar lá após toda a experiência vivida da outra vez.

Em agosto fomos com mais tempo, com disponibilidade para conhecer pessoas, histórias, ambientes e acima de tudo gozar.

Desta vez foi pouco o gozo, e o cansaço era extremo.

Claro que rimos a bandeiras despregadas ao chegar, naquela escarga de adrenalina tão tipica de ter chegado ao objectivo sãos e salvos.

 

Foi engraçado ver como o mundo é pequeno, e ao chegarmos a uma terreola antes de Padron, pararmos no mesmo allbergue da ultima vez e encontrarmos duas equipas de muito perto de barcelos, que até, muito gentilmente nos ofereceram o jantar. Abrigado a eles.

 

01
Out12

O clique (click)

1/3 segundos

Ontem fiz a minha iniciação ao Reiki.

E senti o clique.

Sento o clique como havia sentido ao chegar a Santiago de Compostela.

Não foi com a mesma força, afinal a experiência não teve a mesma duração nem a mesma imponência. Mesmo assim o clique aconteceu, desde o calor que senti nas costas á abertura que senti no peito, que parecia expandir-se por baixo das costelas.

 

Ainda não percebi o choro. Porquê o choro?

Em Santiago, ao chegar, sentei-me e chorei. Acho que o ambiente tão avassalador me derrubou e eu me abri.

Também desta vez chorei, de uma forma mais tímida...  algo se abriu em mim.

 

Vou agora outra vez a Santiago e espero MESMO sentir outra vez o mesmo clique.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D