Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Trovoadas

Uma trovoada consiste num conjunto de fenómenos intensos associados a cumulonimbus: relâmpagos, trovões, rajadas de vento, inundações, granizo e, possivelmente, tornados. (wikipedia)

Trovoadas

Uma trovoada consiste num conjunto de fenómenos intensos associados a cumulonimbus: relâmpagos, trovões, rajadas de vento, inundações, granizo e, possivelmente, tornados. (wikipedia)

29
Mai15

Hoje sinto-me cansado...

1/3 segundos

O dia esteve quente, o corpo esta maçado.

Apetecia-me mesmo muito começar a escrever algo mais profundo, mas penso que estou demasiado cansado para dispender algum tempo com ideia mais profundas acerca da minha vidinha.

Continuo a sentir a necessidade de estar perto de alguém, só tenho pena que o tempo não me deixe mesmo, Mesmo mesmo. 

 

 

29
Mai15

Estou cheio de fome

1/3 segundos

Acho que, a bem da minha saúde, deveria ter parado para comer qualquer coisa antes das aulas.

Agora estou meio em baixo, apesar de a colega da frente ter uma camisola curtinha.....

26
Mai15

E cada vez dá mais gozo vir aqui escrever

1/3 segundos

Parece que não consigo parar. 

Cada vez que dou por mim estou a teclar blogs.sapo.pt. Claro que tenho que me acalmar, não posso estar sempre a escrever no blog, até porque tenho superiores a controlar o trabalho. 

Bem, vou ter que trabalhar mais um bocadinho, lá terá que ser...

26
Mai15

Desejo de escrever

1/3 segundos

Já há muito tempo que não escrevia no meu blog.

De repente deu-me uma vontae enorme de o fazer, mesmo sem ter uma ideia muito bem definida sobre o que haveria de escrever.

Por vezes o ser humano precisa de escrever, ou falar, de exteriorizar o que lhe vai na alma. Neste campo sinto que o blog ainda é o meio onde me sinto mais a vontade.

E talvez por isso volte novamente a escrever aqui.

Até já me sinto melhor por ter escrito isto...

25
Mai15

Eu avisei ou nem fui consultado?

1/3 segundos

Quando todos colocam em causa o trabalho realizado até ao momento, ficamos naturalmente tristes e aborrecidos.

Quando vemos os mesmo que nos põe em causa a cometer o que nos parece um erro, o que devemos fazer?

Alertamos ou não?

Depois de nos dizerem que devemos é acatar as ordens, calamo-nos e deixamos seguir, ou falamos?

Por um lado poderemos mais tarde afirmar que não fomos consultados, por outro poderemos dizer eu avisei.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D